Objetivo:
Formar um profissional com habilidades e competências para atuar em empresas dos setores público ou privado, fazendo parte integrante dos Serviços Especializados em Segurança e Saúde do Trabalho.
 
Perfil Profissional de Conclusão:

Dentre as inúmeras habilidades e competências que o Técnico em Segurança do Trabalho terá adquirido, ao concluir o curso, pode-se relacionar:
-conhecimento para participar da elaboração e implementação da política de saúde e segurança do trabalho;
-realização de auditorias para avaliação de riscos de acidentes do trabalho;
-desenvolvimento de ações educativas nas áreas de saúde e segurança do trabalho;
-participações em perícias, fiscalizações e processos de negociação em caso de acidentes do trabalho;
-investigação de acidentes e recomendações de medidas preventivas;
-participação na implementação de novas tecnologias e processos de trabalho;
-aplicação das normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e emprego;

 
Justificativas:

Infelizmente, o Brasil é um dos países que lideram as estatísticas em acidentes do trabalho, apresentando elevadas taxas de mortalidade ou doenças prejudiciais ao trabalhador. A sociedade e o governo são obrigados a arcar com os elevados custos envolvidos. Os acidentes, de uma forma geral, ocorrem por falhas humanas, conhecidas como atos inseguros ou por falhas ambientais, também denominadas de condições inseguras. O desenvolvimento de uma mentalidade de postura preventiva depende, além de outros fatores, do treinamento e obediência das normas de saúde e de segurança do trabalho. Pesquisa de mercado em nossa região demonstra a grande quantidade de pessoas interessadas em se tornar profissionais dessa área mas, infelizmente, devido às poucas vagas oferecidas pelas escolas especializadas, acabam desistindo.