Objetivo:
Formar um profissional para atuar como elemento de ligação direta entre o engenheiro químico ou químico de nível superior, e os operadores de produção das indústrias químicas. Deverá adquirir conhecimento para participar da implantação e controle de processos tecnológicos na fabricação de produtos e subprodutos e das análises de controle de qualidade dos mesmos.
 
Perfil Profissional de Conclusão:

Dentre às inúmeras habilidades e competências que o Técnico em administração terá adquirido, ao concluir o curso, pode-se relacionar:
-controle da operação de processos químicos e equipamentos, tais como: caldeira industrial, torre
 de resfriamento, troca iônica, refrigeração industrial e, outros;
-controle da qualidade de matérias primas, reagentes, produtos intermediários e finais e,
 utilidades;
-coordenação de análises, metodologias analíticas, análises instrumentais e controle de qualidade
 em laboratório;
-manuseio adequado de matérias primas, reagentes e produtos;
-operar, monitorar e controlar processos industriais químicos e sistemas de utilidades.

 
Justificativas:

Segundo pesquisas, concentra-se grande número de indústrias químicas nesta região que necessitam de funcionários com capacidade para trabalho em grupo, com sólida formação teórica e experiência profissional. Com a acirrada competitividade industrial, a busca pela otimização de processos é cada vez maior, como forma de sobrevivência num mercado totalmente globalizado. É, portanto, necessária a oferta de um curso Técnico em Química, perfeitamente sintonizado com as necessidades da indústria química local, possuidor de formação especializada complementada com sólidos conhecimentos de segurança do trabalho, proteção ao meio ambiente e gerenciamento da produção e qualidade.